AESA

 

AESA

 

AESA

 

Serviços

 
::. Notícias ::. Terça-Feira, 30 de Maio de 2017
Aesa participa de reunião sobre obras complementares da transposição em Monteiro
18-01-2017
A+ A-

De acordo com o MPPB, noventa por cento destas obras já foram concluídas.



A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) participou

de mais uma reunião técnica do ‘Comitê de Gestão da Crise Hídrica na Paraíba’. O encontro, organizado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), aconteceu  na manhã desta terça-feira (17), em Monteiro.

O objetivo da reunião foi avaliar o cumprimento do cronograma de execução das obras complementares da transposição das águas do Rio São Francisco – Eixo Leste nos municípios da região do Cariri – entre Monteiro e Cabaceiras – que deverão receber as águas da transposição.

“Até agora, tudo está dentro do cronograma e todas as obras de responsabilidade das prefeituras, do estado e dos órgãos federais deverão estar prontas até o dia 15 de março”, avaliou o procurador de Justiça Francisco Sagres Macedo Vieira. “Todos os órgãos envolvidos já estão na fase de conclusão das suas obrigações. Mais de 90% dessas obras já estão feitas e estamos satisfeitos”, disse o procurador de Justiça, Francisco Sagres.

A reunião também contou com a participação de alguns secretários municipais e da prefeita de Monteiro, Anna Lorena de Farias Leite Nóbrega (PSDB); da procuradora da República em Monteiro, Janaína Andrade de Sousa; e de representantes da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), da Secretaria de Estado dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) e da Fundação Nacional de Saúde na Paraíba (Funasa-PB).

"Este trabalho em conjunto está gerando bons resultados. Todos estão empenhados na conclusão das obras para que a água do São Francisco chegue o quanto antes para a população paraibana", destacou o presidente da Aesa, João Fernandes.

Em Monteiro, a prefeitura e a Cagepa já identificaram as ligações clandestinas de esgotos e os moradores foram notificados. A maioria já procurou a Cagepa para sanar o problema. No início de março, aquelas residências que persistirem com o problema terão seus esgotos clandestinos tamponados (obstruir com tampão). Já a Cagepa vai construir mais uma rede de coleta de esgotos para atender aos moradores que ainda estão jogando seus dejetos de esgoto no canal de águas pluviais que corta a cidade.

A Funasa também anunciou na reunião que dará início à terceira etapa de conclusão do esgotamento sanitário de Monteiro. Já as obras em Camalaú pelo Dnocs estão bem adiantadas e em Poções elas têm início na próxima semana. Por outro lado, o governo do estado já fez a limpeza do leito do Rio Paraíba no trecho entre a Barragem de São José e Poções. Até o final de fevereiro, o trecho entre Poções e Camalaú já deverá estar pronto. Outros três municípios já fizeram seu esgotamento sanitário: Sumé, Caraúbas e Serra Branca.

Com informações de mppb.mp.br

Anexo:



Voltar para página inicial

::. Busca